Flex automática e Off-road: as futuras versões da Chevrolet S10

No mais recente comparativo entre as picapes médias feito por QUATRO RODAS envolvendo Hilux, S10 e Ranger, chamou atenção o fato de que apenas a Toyota oferece opção de câmbio automático casado com motor flex.

A Chevrolet deve mudar esse cenário nos próximos dias com o lançamento da S10 flex com câmbio automático – provavelmente o mesmo sistema que já equipa as versões a diesel, com seis marchas.

A linha flex da S10 hoje é composta por três versões (Advantage, LT e LTZ), com opção de tração 4×2 (só a Advantage) ou 4×4, todas com o mesmo motor 2.5 com até 206 cv e 27,3 mkgf. Os preços atuais partem de R$ 91.590 para a Advantage 4×2 e chegam a R$ 121.990 na LTZ 4×4.

Os novos valores não foram divulgados, mas é possível estimar que a opção de câmbio automático deva representar um acréscimo entre R$ 5.000 e R$ 10.000 sobre os preços atuais. Como referência, a Toyota Hilux SR 4×2 flex automática é tabelada em R$ 113.280, chegando a R$ 133.070 na versão SRX 4×4.

Além da novidade nas opções de transmissão, a Chevrolet deve apostar em uma nova versão aventureira da S10, com visual e equipamentos focados no público off-road. Quem esteve no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro, teve a oportunidade de ver duas picapes conceito que sinalizavam por onde a fábrica pretende caminhar.

Uma delas foi exposta em posição de destaque no estande da marca. Batizada de S10 Xtreme, era cor de laranja e estava equipada com estribos, pneus lameiros, snorkel e suspensão elevada.

A outra, chamada S10 Trailboss, ficava em uma área externa do Salão, em uma pista off-road construída para test-drives. Essa contava com pneus de uso misto, estribos, rack e para-choque robusto. Segundo uma fonte, a GM quer atender uma parcela de compradores que usa as picapes em trilhas, como se fossem veículos off-road.

A S10 aventureira segue a proposta das versões Activ, disponíveis na minivan Spin e no hatch Onix. Lançada no final de 2014, a Spin Activ responde atualmente por cerca de 25% das vendas da minivan, o que representa cerca de 500 unidades/mês. E, no caso do Onix Activ, que foi lançado em 2016, a participação é de 10%, aproximadamente 1.300 carros.

Essa configuração de S10 não deve se chamar Activ, entretanto. Esse nome ficará para os automóveis da linha. Para as picapes, a GM deve adotar o nome Off-road, que foi usado na geração anterior da Montana.